O que é Japamala

O que é Japa?

Japa é a entoação ritmada e atenta de um determinado mantra. Pode ser praticada com o auxílio de uma mala, que ajuda a manter a concentração do praticante. É uma técnica simples e eficaz para introverter a mente e conduzí-la à estados meditativos. Qualquer pessoa que dá os seus primeiros passos na meditação percebe o quanto a mente é turbulenta e difícil de controlar. Quando queremos ficar quietos, um turbilhão de pensamentos aparecem. Japa auxilia justamente a manter a mente concentrada, em vez de perdida em pensamentos ou então sonolenta. Com a manutenção desta concentração, espontaneamente estados meditativos são alcançados. Existem três métodos para a prática de Japa: 1. Baikhari japa: é a repetição verbal. É a forma mais simples e recomendada para iniciantes. 2. Upanshu japa: é a repetição sussurrada, aonde os lábios se movem, mas não se houve nenhum som. 3.Manasik japa: é a repetição mental, sem movimento dos lábios. É considerado o mais sutil e poderoso meio de concentração.

O que é Mala (Japamala)?

A mala ou japamala é similar ao rosário cristão utilizado para orações. É utilizada pelos Hindus e Budistas há milhares de anos como auxílio na meditação, ajudando a manter a concentração durante a repetição de mantras (técnica conhecida como japa). As malas podem ser feitas em diversos materiais e as tradicionalmente utilizadas pelos yogis são de rudraksha, tulsi ou sândalo. Cada mala tem uma conta extra que é chamada de sumeru (junção ou cume) e localiza-se na junção da primeira com a última conta. O sumeru auxilia o praticante a manter a concentração durante a prática de japa, além de permitir a contagem do número de mantras.

Como usar a Mala (Japamala)?

Entre as diversas maneiras de segurar a mala a forma tradicional na Yoga é segurá-la com a mão direita entre os dedos médio e polegar. O polegar é usado para ir movimentando a mala. O dedo indicador não encosta na mala pois geralmente representa o ego na tradição ióguica. A prática começa na primeira conta da mala, localizada ao lado do sumeru (conta extra principal). A cada mantra repetido, movem-se os dedos para a conta seguinte, até que a última conta antes do sumeru seja alcançada. O sumeru nunca é ultrapassado. Para se fazer mais do que uma volta, tradicionalmente deve-se prosseguir no sentido inverso.

Escolhendo um Mantra Existem inúmeros mantras que podem ser utilizados, desde mantras simples e universais como Om, Amém, Shalom, So hum, como mantras mais complexos como Gayatri, Tryambakam, Poornamadah, Om Asatoma, Om mani padme hum etc. Quando for escolher um mantra para a sua prática escute os sinais do seu corpo, mente e alma. Para o praticante comum, recomenda-se o uso de mantras simples e que são muito eficazes para o controle da mente e respiração.

Aonde Praticar Você pode praticar em qualquer ocasião, muitas pessoas carregam a Mala no próprio pescoço, punho ou em bolsinhas de pano para praticar aonde estiverem. Na Índia e no Tibet é comum você se deparar com pessoas nas ruas em diversas situações praticando Japa. Em alguns lugares sagrados na Índia um mantra é entoado sem pausa durante anos. Um exemplo é o Sivananda Ashram em Rishikesh, no qual desde 1943 o mantra Hare Rama é entoado 24 horas por dia em um salão aberto à todos. Qual tipo de mala utilizar? Existem malas feitas com os mais diversos materiais, que possuem diferentes propósitos. As malas mais tradicionalmente utilizadas por yogis na Índia são feitas com contas de rudraksha, tulsi ou sândalo. Veja mais sobre as suas características clicando nos links. Quais são os seus benefícios? Diversos estudos científicos* comprovam que a prática regular de japa reduz consideravelmente a pressão arterial, níveis de estresse, batimentos cardíacos e frequência das ondas cerebrais. A sua prática regular permite o alcance sistemático e gradual dos mais elevados estados de consciência, trazendo sensação de profunda paz e relaxamento. É uma excelente alternativa para manter a mente em equilíbrio, longe de comuns doenças psicossomáticas como crises de estresse, transtornos de ansiedade, depressão etc.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre